Home » Internacionais » 5 coisas que você não sabia sobre a República Dominicana
Destinos Internacionais

5 coisas que você não sabia sobre a República Dominicana

Conhecida por ser o segundo maior país do Caribe, a República Dominicana vem cada vez mais sendo explorada por turistas do mundo todo. Estando cerca de duas horas do sul de Miami e quatro horas de Nova York, a região é bastante visitada por suas belezas naturais e por ser um paraíso para os apaixonados por golfe, beisebol e praias.

cayo-levantado-971626478-o
Ficou curioso para saber um pouco mais desse país incrível? Temos certeza que depois de ler essas curiosidades incríveis o destino da sua próxima viagem estará decidido.

1. A descoberta da República Dominicana

Foi no dia 5 de dezembro de 1492 que Cristóvão Colombo desembarcou em Santo Domingo, a atual capital do país, tornando-a primeira colônia europeia. É na República Dominicana que se concentra a mais antiga catedral da América, como também: a primeira rua, primeiro hospital, primeiro monastério e até a primeira universidade também.

Santo-Domingo-Dominican-Republic

Para quem ama história, é bem interessante saber que o país serviu de ponto de partida para Colombo e a coroa espanhola para conquistas no Caribe e nos Estados Unidos.

2. As baleias jubarte em Samaná

Entre janeiro e março, acontece a temporada de observação de baleias jurbate na Baía de Samaná, localizada no noroeste do país. É durante esse período que as baleias se deslocam das águas frias do norte para acasalar nas águas mais quentes de Samaná.baleias jurbate baía de semaná la prensa
Esse show de saltos incríveis é ideal para os amantes de ecoturismo, mas também costuma atrair diversos visitantes de várias nacionalidades para assistir a esse espetáculo natural em embarcações autorizadas nas zonas de observação. E para os curiosos que desejarem optar por visualizarem em observatório em terra, poderão ir para Punta Balandra, onde é possível assistir as baleias do Golfo do Maine, Golfo de St. Lawrence, Terra Nova, Groenlândia e Islândia.

Veja também:  Os melhores destinos na América do Sul

3. O paraíso do golfe

Além de atrair vários turistas para seus resorts all inclusive e praias com águas cristalinas, a República Dominicana também é conhecida por ser o paraíso do golfe. Há 26 campos de golfe, com paisagens deslumbrantes, distribuídos pela região e durante o ano acontecem vários torneios que atraem diversas pessoas do mundo todo para competir.

Em Punta Cana, Bavaro, e Cap Cana estão localizados 10 dos 26 campos e muitos deles estão em uma diferença de apenas 30 minutos de carro um do outro, possibilitando os atletas e os amantes do esporte aproveitarem o tempo jogando e alternando entre os campos.

golfista_tiro boca chica
Para as famílias dos atletas, essa área costuma oferecer atividades, como tirolesa, passeio de mini buggys e excursões garantindo a diversão para todos.

4. A paixão pelo beisebol

Na República Dominicana o beisebol é mais que um simples esporte para os dominicanos, é uma paixão que passa de gerações em gerações.  A temporada de beisebol no país acontece entre outubro e o final de janeiro e atrai a atenção de todos os apaixonados pelo esporte. São 6 equipes competindo nos estádios profissionais mais importantes do país.

Mas como surgiu esse amor tão grande dos dominicanos pela “pelota”, que é como é chamado o esporte na região?

WBC: Dominican Republic v Cuba

Muitas datas são especuladas sobre o dia exato que foi introduzido o beisebol na República Dominicana, mas sabemos que a prática amadora do esporte começou na década de 1940 durante os torneios em homenagem ao ditador Rafel Tryjillo, que foi uma figura muito importante na construção do primeiro estádio de beisebol em 1946 que foi chamado inicialmente de: Estadio Trujillo, mas logo depois recebeu o nome de: Estadio Quisqueya.

A prática do beisebol profissional só começou a ser organizado em 1955 com a criação da Liga Profissional de Beisebol da República Dominicana (LIDOM).

Veja também:  10 curiosidades sobre lugares incríveis nas Américas

beisebol rd

Viver a experiência de ir a um jogo de beisebol na República Dominicana vai muito além de assistir um simples jogo, é com certeza uma imersão a cultura do país vivida com muita diversão.

5. A variedade de aeroportos e portos para cruzeiro

Na República Dominicana existem até o momento 7 aeroportos e 5 portos para cruzeiros como meio de entrada no país. É muito importante que os futuros visitantes saibam direitinho sobre o destino pretendido, sendo por avião ou cruzeiro, para escolher a melhor porta de chegada, pois a ilha é grande e temos que concordar que não é nada legal perder tempo de viagem esperando chegar no local pretendido, né?

Dentre os principais aeroportos internacionais, estão:

Em Santo Domingo, a capital do país, estão localizados dois aeroportos:

O Aeroporto Internacional Las Américas, também conhecido como Aeroporto Internacional José Francisco Peña Gómez, que é considerado o principal da cidade para a chegada de voos internacionais.

Aeroporto Internacional Las Américas

E ao norte de Santo Domingo, está localizado o Aeroporto Internacional La Isabela, também é conhecido por Aeroporto Internacional Dr. Joaquín Balaguer, que além de atender os voos para a República Dominicana, também lida com os voos do Haiti e Cuba.

Em Punta Cana podemos encontrar o Aeroporto Internacional de Punta Cana que está localizado a 15 minutos de carro de Punta Cana e Cap Cana. Esse aeroporto é o mais movimentado do país, recebendo voos diretos de mais de 28 países e 96 cidades do mundo todo. Infelizmente o Brasil ainda não faz voos direto para a República Dominicana, mas vamos torcer para que logo isso aconteça.

aeroporto de punta cana

O aeroporto de Puerto Plata, Aeroporto Internacional Gregorio Luperón, está próximo dos destinos bastante visitados pelos turistas: Playa Dorada, Cabarete e Cofresí. E também está a 20 minutos da cidade de Puerto Vallarta.

Veja também:  10 restaurantes sensacionais em Santiago

Já o de Santiago, Aeroporto Internacional Cibao, está localizado estrategicamente a 15 minutos da segunda maior cidade do país, Santiago. É considerado uma ótima segunda opção de entrada para quem ficar hospedado em Puenta Plata, ficando cercade 1 hora e meia do destino.

Aeroporto Internacional Cibao

Há também aeroportos em La Romana e Samaná, mas não pode esquecer de ver qual desses é o melhor para chegar no país, para que consiga aproveitar melhor seu tempo de viagem e tentar dar aquela economizada que é sempre muito bem-vinda na passagem aérea.

Agora falando nos destinos de cruzeiros, a República Dominica tem o maior número de destinos de cruzeiros no Caribe.

000504777

No porto de Santo Domingo, existem dois terminais: Don Diego e San Soucí.

Terminal-Don-Diego

No de La Romana, o Casa de Campo Port está localizado perto de Ilha de Catalina, que é um lugar que os passageiros poderão aproveitar as praias e os campos de golfe famosos que foram projetados por Pete Dye.

Em Puerto Plata, o Amber Cove Cruise Center está localizado no centro dos esportes aquáticos de Puerto Plata e dá fácil acesso as atrações populares da região.

Para os visitantes de Punta Cana, a Marina Cap Cana, está localizada próximo de hóteis, restaurantes e muitas áreas de entretenimento.

capcana-marina-puntacana

E por fim, o porto de Samaná, que está perto de Miami, tem seus terminais localizados na Baía de Samaná e em Cayo Levantado.

Com certeza depois de aprender mais sobre a República Dominicana a vontade de conhecer as maravilhas desse lugar e vivenciar cada experiência aumentou muito, né? Aproveite para programar sua viagem e para escolher seu hotel com o HURB 🙂

Cadastre-se

Receba Dicas de Roteiros Nacionais e Internacionais do Brasil e do Mundo.

Você vai se interessar…

Comprar Passagem de Ônibus