Home » Campanhas » 5 Dicas de Educação Financeira para lucrar a Black Friday 2019
Campanhas Dicas de Viagem

5 Dicas de Educação Financeira para lucrar a Black Friday 2019

A Black Friday está aí na porta e o parceiro Gestão Financeira Criativa tem dicas importantes para você lucrar muito na Black Friday, acompanhe!

A Black Friday 2019 está chegando. Neste ano ela ocorrerá no dia 29 de Novembro. Comércios e consumidores já estão se mobilizando para aproveitá-la. Se formos parar para pensar, a data é relativamente nova aqui no Brasil. A primeira edição aconteceu em 2010, quando era toda voltada para o e-commerce. Porém, com o crescimento ano após ano, não só as lojas físicas abraçaram a data, como também, praticamente todos os segmentos passaram a ter ações especiais para a data que se tornou a mais importante para o comércio brasileiro.

Um panorama geral sobre a Black Friday no Brasil

Para se ter uma noção de como a Black Friday se transformou em um fenômeno, em sua primeira edição, a data teve um faturamento de R$ 100 milhões. Na última edição (2018), de acordo com a Ebit/Nielsen, o faturamento do comércio eletrônico atingiu cerca de R$ 2,6 bilhões de reais.

Porém nem tudo são flores. Desde as primeiras edições, muitos consumidores perceberam que nem todas as promoções são “reais”. Em todas as edições da Black Friday, notou-se que alguns produtos e serviços anunciados em promoção não estavam com preços nada diferentes de antes. Expressões como “Black Fraude” e “Tudo pela metade do dobro” foram por esse motivo.

Além disso, a data também é marcada pelo número de reclamações em portais como o Procon e o Reclame AQUI. Os motivos são diversos: falsas promoções, sites fora do ar, atendimento ruim, atraso nas entregas, entre outros.

Pensando na grandeza da data, listamos abaixo algumas dicas para ajudar os consumidores a aproveitarem a Black Friday de maneira efetiva e consciente:

Antes de mais nada, faça o Planejamento Financeiro

Não adianta nada falar de promoções se o consumidor não estiver num cenário favorável a gastar seu dinheiro. Muita gente está desempregada, endividada ou sem reserva financeira. Estas pessoas devem evitar ao máximo gastar dinheiro agora, pois as compras só deverão contribuir para aumentar a pilha de boletos atrasados.

Veja também:  Ainda não acabou! Hurb faz Cyber Monday com oferta de 1 real

Por outro lado, quem está com uma situação financeira mais favorável, sem dívidas e com um dinheiro sobrando, o planejamento financeiro tem grande utilidade, para evitar que o cenário que parece positivo vire negativo nos próximos meses. Faça um planejamento financeiro dos próximos meses, levantando quais gastos você terá. Além dos gastos frequentes, com alimentação, moradia e transporte, lembre-se que esta época de final de ano possui alguns gastos pontuais, como compras de final de ano, viagens, IPTU, IPVA, material escolar. No extremo oposto, levante quais serão as suas fontes de receita dos próximos meses. Comparando as entradas e a saídas, você saberá a dimensão de quanto você pode gastar.

Faça uma lista do que você está buscando

Você estava querendo trocar de celular há algum tempo? A Black Friday pode ser um bom momento para isso. Para direcionar o que você gostaria de comprar, faça uma lista. Considere também incluir nesta lista a compra de presentes de final de ano. Você pode encontrar preços melhores.

Monitore e compare preços

Uma vez que a lista estiver pronta, desde já comece a monitorar os preços dos produtos e serviços que você está de olho. Além de olhar nas lojas físicas, aproveite também os buscadores online como o Buscapé e o Zoom. Eles facilitam a comparação dos preços entre diferentes produtos, marcas e lojas. E, outra função muito válida destas ferramentas são os “Históricos de Preços”. Eles mostram como os preços do produto se comportaram nos últimos dias, semanas e meses. Isso te ajudará a perceber se a promoção anunciada realmente é real.

Evite o impulso

Viu alguma promoção que não estava na sua lista mas que está se coçando para comprar? Não tome a decisão da compra por impulso. Antes de colocar o produto no carrinho, pense se você realmente precisa do produto ou do serviço, compare o preço e veja se a compra cabe no seu orçamento.

Veja também:  6 pacotes incríveis na Black Friday do Hotel Urbano

Cuidado com os parcelamentos

O parcelamento pode ser um amigo ou também um inimigo. Quando você parcela a compra, você pode estar comprando algo que não conseguiria arcar com o valor a vista, porém, diluindo o preço em parcelas, a compra passa a ser possível. Porém, lembre-se que as parcelas comprometerão parte do seu orçamento dos próximos meses. Verifique se você consegue arcar com as parcelas e qual valor já há de faturas abertas.

Aproveite destas dicas para aproveitar boas promoções, de maneira saudável e consciente. Boa Black Friday!

Victor Barboza

Especialista em finanças e Fundador da GFC – Gestão Financeira Criativa

Cadastre-se

Receba Dicas de Roteiros Nacionais e Internacionais do Brasil e do Mundo.

Você vai se interessar…

Comprar Passagem de Ônibus