Home » Dicas de Viagem » 6 Dicas de Educação Financeira para realizar a viagem dos sonhos
Dicas de Viagem

6 Dicas de Educação Financeira para realizar a viagem dos sonhos

saiba como economizar e poupar dinheiro de uma forma criativa para viajar com o parceiro Gestão Financeira Criativa!

Victor Barboza

Especialista em Finanças e Fundador da GFC – Gestão Financeira Criativa

Viajar para determinados lugares costuma sempre estar na lista dos sonhos das pessoas. É uma forma de conhecer novos lugares, trazer novas experiências, possibilitar contato com outras culturas e relaxar. Porém, para muita gente, este sonho nunca sai do papel, por conta do dinheiro (ou melhor, a falta dele).

 Anualmente é feito o programa de pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), que tem como foco avaliar o nível nacional da atividade empreendedora. Em uma das etapas da pesquisa, são levantados os principais sonhos da população, e, o sonho de viajar sempre está entre os primeiros lugares. Aqui no Brasil, o programa tem o apoio do Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade (IBQP) e do SEBRAE.

Na última pesquisa divulgada, o GEM 2018, viajar continua aparece entre os principais sonhos dos brasileiros. Em segundo lugar no ranking, perdendo apenas para o sonho de comprar a casa própria, aparece o sonho de viajar pelo Brasil. Este sonho foi respondido por 45% das pessoas, um aumento de 9% em relação ao ano anterior. Em 6º lugar aparece o sonho de viajar para o exterior, com 25% (aumento de 7% em relação ao ano anterior).

Ou seja, pela pesquisa vemos que o sonho de viajar não só é um dos principais sonhos, como também só está aumentando. Confira abaixo algumas dicas de como tirar esse sonho do papel, com a ajuda da boa Educação Financeira:

Repense seus hábitos

Nossa vida é basicamente composta por hábitos. Desde escovar os dentes até a forma como lidamos com o dinheiro é ditada por atividades rotineiras, feitas de uma forma praticamente automática, que, em alguns casos, podem estar nos prejudicando de certa forma. Pensando no dinheiro, vemos que muita gente não está tendo bons hábitos, visto a quantidade de pessoas endividadas. Por isso, novos hábitos devem ser inseridos na rotina financeira, como o hábito de anotar os gastos, controlá-los, poupar e investir. No livro “O Poder do Hábito”, de Charles Duhigg, é apresentada a ideia do loop do hábito. Basicamente, um hábito funciona num ciclo que começa com uma deixa, tem uma rotina e, por fim, uma recompensa. Ou seja, para que qualquer destes hábitos funcione, lembre-se sempre da recompensa que te espera: a viagem dos sonhos.

Veja também:  Guia HU: Miami

Faça o planejamento da viagem antes de qualquer coisa

Você sabe quanto gastará para realizar a viagem desejada? Antes de qualquer coisa, encontre a resposta para esta pergunta. Faça uma pesquisa de quanto você gastará com o deslocamento (passagens, combustíveis, locação de carros, pedágios), hospedagem, alimentação, entre outros gastos. Determine também fatores temporais, como quando você pretende viajar e por quanto tempo pretende ficar no local. Encontre, no final das contas, o valor total que será gasto com essa viagem.

agenda

Economizar para guardar

No período de um mês, inúmeros gastos acabam surgindo, e, se não tivermos um bom planejamento e um bom controle, tudo que recebemos acaba indo embora. Temos os gastos fixos relacionados ao imóvel, como aluguel, condomínio, contas de água, luz, telefonia e internet, gastos com o carro, gastos com alimentação, supermercado, lazer, e por aí vai. Para viajar de uma forma que não vá gerar novos problemas financeiros, busque economizar em alguns gastos do mês de uma forma que sobre uma folga no seu orçamento, possibilitando juntar um pouco por mês para realizar a viagem.

O cofrinho da viagem

Fazendo o exercício de economizar, busque tirar o dinheiro de vista, pois se ele ficar na sua carteira ou na conta corrente, ele terá uma grande chance de ser gasto com outras coisas. Por isso, o bom e velho cofrinho funciona muito bem. Seja um porquinho, um envelope ou uma aplicação financeira, o importante é que o dinheiro seja separado. Basicamente você estará dando nome ao seu dinheiro. É como se em cada moeda ou cédula que estiver lá receber um carimbo escrito “Viagem”. É aqui que o valor total que a viagem custará e o período de tempo que você tem até a viagem serão usados. Divida este valor total pela quantidade de meses que você tem até a viagem. O número encontrado mostrará quanto você precisará juntar por mês (se você preferir, você pode fazer o mesmo cálculo considerando poupanças semanais).

porquinho moedinhas

Poupança coletiva

Se você estiver planejando a viagem com a família ou com amigos, incentive-os a guardarem dinheiro junto com você. Primeiro para que todos estejam engajados e não dê aquela impressão que só você está se esforçando para o objetivo. Segundo, porque quanto mais gente estiver contribuindo, mais rápido o cofrinho ficará cheio. Este processo de juntar dinheiro antes de ir é uma alternativa ao uso do cartão de crédito. Isso acaba reduzindo as chances de você comprometer suas finanças futuras ou de se enrolar com juros.

Veja também:  Saiba os países onde seu dinheiro pode render mais em uma viagem

Faça o dinheiro guardado trabalhar para você

Ao invés de só juntar dinheiro, você pode buscar alternativas de investimentos. Pois, além do dinheiro estar separado, você verá o dinheiro “trabalhando para você”. Busque opções de investimentos que estejam de acordo com o seu perfil de risco e que sejam compatíveis com os seus prazos. Títulos de renda fixa, fundos de investimentos mais conservadores ou robôs investidores são boas opções para quem busca juntar dinheiro para uma viagem nos próximos meses.

O Hábito de Viajar

Faça dessas dicas um novo hábito, de viajar de tempos em tempos. Dessa forma, você não viajará uma única vez, mas sim, rotineiramente.

cofrinho de viagens

Cadastre-se

Receba Dicas de Roteiros Nacionais e Internacionais do Brasil e do Mundo.

Você vai se interessar…

Comprar Passagem de Ônibus