Home » Dicas de Viagem » 7 dicas para viajar com crianças
Dicas de Viagem

7 dicas para viajar com crianças

Viajar com as crianças desperta curiosidade, abre os seus olhinhos para o mundo e para as diferenças que irão encontrar na vida. Forma pessoas ricas e mais abertas às oportunidades. Além de criar um forte laço com os pais e família. Muitos pais ficam apreensivos na hora de planejar uma viagem com seus filhos, por isso listamos, com carinho, 7 dicas que vão te ajudar a viajar sem medo de ser feliz!

crianca-com-mala-viagem

#1 Marinheiro de primeira viagem? Escolha destinos perto de casa

O ideal é começar pelo Brasil, além de mostrar para as crianças o valor natural que nós temos aqui na nossa terra, é mais seguro para observar como vocês se sentem na primeira viagem. Hotéis que possuem recreação e parques próximos, como Thermas de Olímpia Resort , podem ser uma boa primeira parada, pois tem infraestrutura adequada e segurança para a criançada. Contudo, não existe uma regra que defina limites em relação aos destinos, basta tomar cuidado com excesso de sol, ou de frio em algumas épocas do ano, e claro, cuidar da alimentação. Fique atento também as promoções, muitos hotéis tem cortesia para crianças até certa idade. Com essas 2 questões resolvidas, o mundo é todo deles para explorar ao seu lado.

viagem-com-criancas

#2 Roteiro não é conversa de adulto! Faça o roteiro com as crianças

Crianças adoram descobrir o que há de mais legal para fazer no lugar. Pedir aos baixinhos pesquisarem sobre o destino pode ser uma forma de envolvê-los ainda mais.
Discutam juntos sobre os lugares que irão ver e conhecer, isso vai animá-los e ajuda a evitar frustrações. Se alguma coisa desagradar, você já poderá adiantar uma boa conversa sobre tolerância e coletividade. Incentivar a criação de um diário de bordo com anotações e desenhos sobre tudo o que viram e mais gostaram ajuda a criar boas recordações.

Veja também:  Em outubro crianças entram de graça no Beto Carrero e Hopi Hari

shutterstock_193268324 (Large)

#3 Fique atento a documentação das crianças para viajar tranquilo

A documentação não tem mistério: para destinos nacionais, é só apresentar a carteira de identidade (RG) ou certidão de nascimento (original ou cópia autenticada) comprovando a filiação. Para fora do país, os menores de 12 anos que forem viajar sem os pais precisam apresentar uma autorização por escrito com firma reconhecida em cartório. Isso é necessário também se a criança for viajar com apenas 1 dos pais, nesse caso apresenta-se a autorização da parte que não vai na viagem. Nesse link tem um modelo de formulário , caso você precise.

passaporte-crianca-viagem

#4 Voar com crianças é mais fácil do que parece! 

Para uma viagem com bebês, uma boa dica é sincronizar o horário do voo com o seu período habitual de sono, para trechos mais longos, priorize os noturnos. Se possível peça para a companhia reserva as poltronas dianteiras, elas são mais espaçosas e assim mais confortáveis para uma viagem com bebê de colo. Você pode garantir um bercinho a bordo também (para crianças de até 2 anos ou até 10kg), basta fazer a reserva por telefone com no mínimo 48horas de antecedência. (checar com a sua companhia aérea)

#5 A hora da decolagem não vai ser um problema

O desconforto causado pela pressão pode ser evitado com mamadeira, ou chupetas, pois o movimento da boca do bebê ajuda a minimizar o mal-estar causado pela subida e descida do avião, assim como o chiclete funciona para os adultos.

viajar-com-crianca-aviao

#6 Biscoitos e joguinhos irão animar a viagem

Não conte só com os petiscos e refeições que serão servidos, se a comida do avião já incomoda a gente, que dirá os pequenos, não é mesmo? Leve na mala de mão biscoitinhos, frutas e barrinhas de cereais, ao contrário do que pensam, esses alimentos são permitidos no embarque, mas somente se entrarem com as embalagens fechadas.
Outra forma de manter o bom humor da criançada é com joguinhos, mas não necessariamente esses de tablets e videogame. Crie jogos entre vocês como tentar adivinhar o personagem que o outro está pensando, ou até mesmo os mais antigos como adedanha e jogo da memória. Use a criatividade!

Veja também:  Saiba como aproveitar seu tempo de espera em conexões longas

crianca-praia-conchas-viagem

#7 Mantenha a rotina da criança na viagem

Em uma viagem longa a criança não tem a mesma percepção de um adulto, por isso pode não entender que se trata de um ambiente temporário. Para evitar a insegurança de estar longe de casa é interessante criar elos que mostram que vocês vão voltar, como por exemplo: o diário de bordo da #2 dica, catar conchinhas na praia e dizer que ela poderá mostrar pros amiguinhos ou tirar fotos para mostrar na escola para a turma.


E aí, curtiu as dicas? Então compartilhe com quem você acha que não pode deixar de ler! Quer dividir com a gente alguma? Comente aqui e vamos ajudar as famílias a viajarem juntas cada vez mais e com mais tranquilidade! Acesse o Hotel Urbano e reserve seu pacote!