Home » Mundo HU » Big Data, por onde começar?
Mundo HU

Big Data, por onde começar?

A análise correta dos dados pode ser o divisor de águas entre uma operação saudável e uma dependente de investimentos agressivos o resto da vida ou, ao menos, até que a torneira seque

examepme joao
Hotel Urbano falando sobre Big Data no 5º Curso Exame PME

Por João Ricardo Mendes, cofundador do Hotel Urbano

É comum na indústria de tecnologia que muitas novidades sejam frequentemente vistas como uma espécie de “Panacéia” do mundo corporativo. É exatamente este o caso do Big Data, a análise da enorme quantidade de dados e informações coletadas pelas empresas no seu dia a dia, que promete, entre outras coisas, ajudar a aumentar as vendas, descobrir novos mercados e atrair clientes. No entanto, diferente da deusa da cura da mitologia grega, o Big Data não deve ser visto como um remédio milagroso para todos os males que afligem a sua empresa. Ainda assim, nenhum empreendedor deveria se dar ao luxo de subestimar ou ignorar essa incrível oportunidade. Em resumo, os dados não falam por si. É preciso antes saber o que pretendemos fazer com eles. Para começar, tente responder, quais os principais problemas que afligem a sua empresa?

Só depois disso é que devemos começar a procurar – seja com a ajuda de softwares avançados ou, por vezes, apenas uma boa dose de intuição e criatividade – os dados que podem lhe ajudar. Não dá para simplesmente achar que a análise de uma montanha de dados aparentemente sem sentido vai levar a descobertas de respostas milagrosas. O Big Data é acima de tudo um ciclo de aprendizagem constante em que perguntas conduzem a respostas, que geram novos questionamentos. Desde o início do Hotel Urbano focamos em entender da forma mais profunda as necessidades, tendências e comportamentos de nossa base de viajantes e para isso sempre houve um estudo cirúrgico dos dados que captamos.

Veja também:  Atração temática de Stranger Things será inaugurada na Universal Studios.
examepme plateia
Casa cheia! + de 600 pessoas na plateia!

E esses dados têm nos ajudado a renovar nossas métricas de desempenho (taxa de crescimento, investimentos, etc.), desenvolvimento de produtos (novos destinos, diferentes formatos de pacotes – com aéreo ou sem, cruzeiros, etc.), gestão de relacionamento com o cliente (redes sociais, email marketing, atendimento, etc.) e organização (contratação de pessoal, aprimoramento do site, etc.), a fim de certificarmos, entre outras coisas, de que estamos nos concentrando sobre as necessidades de nossos clientes mais valiosos (de forma mais assertiva) e aumentar o Life Time Value (retorno) dos mesmos. Este tem sido talvez um dos nossos grandes diferenciais: enquanto muitas startups focam em simplesmente “trazer as pessoas para festa” focamos em “trazer elas para a festa, mas sobretudo em fazer de forma sistemática com que voltem várias vezes”.

Imagine que sua companhia é um carro e qualquer investimento em marketing que você faça focado em vendas, mas sem inteligência e o uso/estudo de dados, é a gasolina desse carro. Quando a gasolina acabar, o que vai acontecer com o seu carro? Ele para! A análise correta dos dados, entendo, é o divisor de águas entre uma operação saudável e uma dependente de investimentos agressivos o resto da vida. Ou, ao menos, até que a torneira seque. Eis o admirável mundo – ainda – novo do Big Data.

Sobre o Hotel Urbano

Fundado em janeiro de 2011, o Hotel Urbano é a agência de viagens online (OTA, na sigla em inglês) líder no segmento de hospedagem do mercado brasileiro. Diariamente, oferecemos cerca de 4 mil pacotes com preços acessíveis para mais de quatrocentos destinos ao redor do mundo. Com mais de 18 milhões de viajantes cadastrados, o Hotel Urbano oferece ainda 180 mil opções de hospedagem em mais de 30 mil destinos, espalhados por 183 países. Apenas em 2013, vendemos cerca de 2,8 milhões de diárias para hotéis, pousadas, flats, hostels e até cruzeiros, o que representa pouco mais de 1 diária vendida a cada 11 segundos. Com sede no Rio de Janeiro e escritório em São Paulo, possuímos a maior fanpage do segmento de viagens e turismo no Facebook em todo o mundo, com quase 10 milhões de seguidores.

Veja também:  Conheça as 5 melhores pizzarias de São Paulo

Artigo publicado em:

grande_abc

ecommerce

correio_bahia

gzeta

 

Cadastre-se

Receba Dicas de Roteiros Nacionais e Internacionais do Brasil e do Mundo.

Você vai se interessar…

Comprar Passagem de Ônibus