Home » Curiosidades » Brasileiro para de fumar e reverte dinheiro do cigarro em viagens
Curiosidades

Brasileiro para de fumar e reverte dinheiro do cigarro em viagens

Quem nunca fumou na vida (que bom!), com certeza, não entende esse drama: parar de fumar é extremamente difícil. As pessoas que conseguem abandonar esse vício precisam de muita determinação e força de vontade. Um dos males do cigarro, além – é claro – da saúde do dependente, são os altos valores gastos para manter o vício.

Ser fumante custa muito caro, mas foi apenas um princípio de infarto que conseguiu chamar a atenção do brasileiro Nilo Veloso, que vive no Ceará. No ano passado, em entrevista à Vix, ele compartilhou sua curiosa história de superação com todo o Brasil.

cigarro
Foto: Acervo Pessoal/Nilo Veloso/Vix

“Comecei a fumar com uns 20 anos, na época era considerado um charme. Fui fumando cada vez mais e cheguei a fumar 3 maços por dia nos dois últimos anos, até que parei no dia 24 de julho de 2005″, relembrou o aposentado na entrevista, concedida em 2017.

Já há 13 anos longe do vício, logo que decidiu abandoná-lo, Nilo teve uma ideia criativa: toda a grana que seria destinada ao cigarro é guardada em um pote. Uma vez por ano, o cearense quebra o porquinho e usa o dinheiro para curtir a vida viajando!

cigarro
Foto: Acervo Pessoal/Nilo Veloso/Vix

Cigarro convertido em viagens

Como Nilo fumava 3 maços de cigarro por dia, ele costuma conseguir juntar em média R$ 5.800 por ano! Toda essa grana já foi revertida em várias viagens com sua esposa: Argentina, Uruguai, Chile e duas vezes para a Serra Gaúcha. Ele contou também que, desde que tomou a decisão de mudar de vida, nunca mais sentiu vontade de fumar e que pretende aumentar essa lista!

Quando deu a entrevista, os próximos cofres estavam destinados para visitar um amigo de infância em Aracaju e, em seguida, realizar o sonho de desfilar pela Mangueira, no Carnaval do Rio de Janeiro!

Veja também:  Conheça o melhor aeroporto do mundo
cigarro
Foto: Acervo Pessoal/Nilo Veloso/Vix

E não para por aí, viu? Além das viagens, Nilo usou o dinheiro economizado para comprar uma bicicleta de carbono de R$ 11.800 que usa para pedalar com os amigos 4 vezes por semana. Essa foi a forma que ele encontrou para substituir o vício maléfico por outro saudável, ele pedala no minimo 28 quilômetros três vezes por semana.

Com o dinheiro poupado ele também faz reformas em sua casa, adquiriu um computador, móveis e até um colchão novo para deixar o ninho do casal mais confortável!

Inspirador, não é mesmo? Que tal se motivar pelo depoimento do cearense e viver mais histórias com o HURB?