Home » Dicas de Viagem » O que fazer na Chapada dos Veadeiros: Impressione-se com cachoeiras incríveis
Dicas de Viagem Nacionais Top Listas

O que fazer na Chapada dos Veadeiros: Impressione-se com cachoeiras incríveis

A Chapada dos Veadeiros é uma das regiões mais bonitas do Brasil. Localizada no município Alto Paraíso de Goiás, no coração do estado de Goiás, a área é repleta de cachoeiras com um visuais incríveis e que permitem curtir um banho refrescante. Esse é um destino repleto das paisagens naturais exóticas, que incluem cachoeiras, piscinas naturais, cânions, trilhas, paredões rochosos de um bilhão de anos, além de uma diversificada flora e fauna, transformando esse paraíso em um dos principais pontos brasileiros de ecoturismo e turismo de aventura. Para quem visita o local é importante saber o que fazer na Chapada dos Veadeiros.

Chapada dos Veadeiros

Confira tudo que você precisa saber para quando for viajar para a Chapada dos Veadeiros. O Go Hurb te ajuda nessa!

Quando ir:

Por ser um local com muitos atrativos ao ar livre, voltados para o ecoturismo, é fato que as melhores épocas para visitar a Chapada dos Veadeiros é durante a seca, onde existe uma probabilidade menor de chuva. O período de seca vai de maio a setembro, e o período com maior precipitação está entre os meses de outubro a abril. É muito importante evitar a época de chuvas, porque as cachoeiras tendem a ficar com maior volume de água e muitas vezes suas trilhas ficam mais perigosas!

Com quem ir:

Como a Chapada dos Veadeiros é um local com muitas trilhas e cachoeiras, algumas delas bem perigosas, não é recomendado levar crianças, porque vai ser bem complicada a escolha de atrações totalmente seguras e tranquilas. Então, evite! Mas, se por um lado é perigoso levar as crianças, por outro é super recomendado o local para viagens com amigos, casais e até mesmo sozinho. A Chapada dos Veadeiros irá lhe proporcionar muitas aventuras.

Chapada dos Veadeiros

O que fazer:

Complexo de Cachoeiras dos Macaquinhos

Localizado na Fazenda Santuário das Pedras, o Complexo de Cachoeiras dos Macaquinhos fica em aproximadamente 1h de estrada de terra e requer algum esforço para chegar, mas a recompensa é grande. O caminho em si possui várias paisagens, o que torna a viagem ainda mais incrível. Dica importante: quando você avistar a placa dizendo que você chegará ao Complexo de Cachoeiras dos Macaquinhos em 900 metros, o recomendado é que você estacione o seu carro e desça o resto do percurso a pé, porque a estrada fica bem ruim e é arriscado atolar com o carro.

Veja também:  O espetáculo das luzes das Cataratas do Niágara no Festival de Inverno

Durante a trilha até as cachoeiras, que não tem o nível muito elevado, você irá encontrar 10 quedas de cachoeiras, uma mais linda que a outra. No final será presenteado com a Cachoeira do Encontro, que fica exatamente onde se juntam os rios Macaquinho e Fundão. O ingresso custa aproximadamente 30 reais (o ideal é verificar o valor, que normalmente altera com o tempo).

Complexo de Cachoeiras dos Macaquinhos
créditos: vamostrilhar.com.br

Catarata dos Couros

Ao pensar o que fazer na Chapada dos Veadeiros, conhecer a Catarata dos Couros não pode ficar de fora da sua lista. É recomendado que você busque por um guia para o acompanhar nessa trilha, porque em algumas épocas o local pode se tornar bastante perigoso, principalmente durante a época de chuva, quando o volume da água tende a aumentar. Para chegar até a Catarata dos Couros você terá que percorrer em uma estrada de asfalto em direção a Brasília por 20km e logo após mais 35km de estrada de terra, ao todo a viagem ficará em torno de 1h de carro do ponto principal do Alto Paraíso de Goiás.

Ao chegar no ponto inicial da trilha você irá encontrar um local para estacionar e barracas para se abastecer com comidas e bebidas, inclusive já poderá deixar reservado o seu almoço, caso deseje comer por ali mesmo. Em 500 metros de trilha será possível encontrar a primeira cachoeira, chamada de Cachoeira da Muralha, mas o ideal é que deixe para curti-lá só no final do passeio, porque o que virá a frente é ainda melhor. Pela trilha você ainda conhecerá o Rio dos Couros e  o Almécegas 1000. O passeio geralmente termina com a vista impressionante da Cachoeira do Parafuso, ou também conhecida como Cânion dos Couros, que proporciona uma belíssima vista e com certeza irá lhe proporcionar momentos inesquecíveis. Todas as trilhas desse complexo são gratuitas.

Catarata dos Couros
créditos: casaldemochilao.com.br

Cachoeira dos Cristais e da Água Fria

Essa é uma opção mais tranquila para o que fazer na Chapada dos Veadeiros. O complexo Cachoeira dos Cristais e da Água Fria é composto por algumas quedas pequenas e pela maior delas, o Véu de Noiva. O local também possui poços que permitem um revigorante banho nas quedas menores e fica a apenas 8km do Alto Paraíso de Goiás.

Uma trilha mais longa leva até a queda da Água Fria, muito procurada por esportistas devido ao forte e contínuo jato d’água. Todo o complexo é equipado com restaurante, barracas e playground caso esteja com crianças. É necessário pagar um ingresso custando aproximadamente R$20 (importante verificar se ainda permanece esse valor).

Veja também:  Caldas Novas: Aqui a ordem é renovar as energias! Conheça a maior estância hidrotermal do mundo
Cachoeira dos Cristais Chapada dos Veadeiros
créditos: seumochilao.com.br

Cachoeiras Almécegas I e II e Cachoeira de São Bento

Acessadas através da Pousada Fazenda São Bento, as Cachoeiras Almécegas I e II e Cachoeira de São Bento são algumas das mais famosas da Chapada dos Veadeiros. Para chegar até o local é necessário uma “viagem” de aproximadamente 6km por estrada de terra a partir da entrada da Fazenda São Bento, que fica a uns 26 minutos de carro do centro.

A queda de Almécegas I possui um visual de tirar o fôlego, que pode ser apreciado diretamente do mirante que fica de frente para ela e é  a mais conhecida da fazenda. Acima das cachoeiras, existem piscinas naturais que irão te convidar para um banho refrescante. São Bento é a queda mais acessível de todas. É preciso pagar uma taxa para acessar as cachoeiras, que fica em torno de R$30, mas é sempre bom lembrar que esse valor necessita ser consultado e atualizado antes da visita. Não é preciso contratar guia, porque todos os caminhos são bem explicados e seguros.

Cachoeiras Almécegas I e II Chapada dos Veadeiros
créditos: pousadasaobento.com.br

Vale da Lua

Conhecida pelo misticismo, a Chapada dos Veadeiros é um local cheio de mistérios. Um deles é o Vale da Lua, que recebeu esse nome exatamente por causa da sua aparência nem um pouco comum. Devido as formações rochosas do local há quem diga que o cenário lembra as crateras encontradas na superfície lunar. E aí, o que acha?

Para chegar até o Vale da Lua será necessário percorrer em direção ao Parque Nacional e a Vila de São Jorge, a partir daí basta pegar a Rodovia GO-239 e seguir até a placa que indica a estrada de terra rumo ao destino final. Da entrada até as pedras você irá andar apenas 600 metros e precisará pagar uma taxa de aproximadamente R$ 20, pois o local fica dentro de uma área privada. O Rio São Miguel que percorre em cerca de 1 km por entre as pedras do lugar, formam piscinas naturais lindíssimas, além de poços, fendas e grutas.

Vale da Lua Chapada dos Veadeiros
créditos: descubraturismo.com.br

O que fazer de noite na Chapada dos Veadeiros:

Como já deu para perceber as principais atrações do local são durante o dia, com muitas trilhas e cachoeiras, mas para aqueles que ainda querem aproveitar a Chapada dos Veadeiros quando a noite chegar, sem problemas. A Chapada oferece maior estrutura de bares e restaurantes no centrinho de Alto Paraíso de Goiás ou na Vila de São Jorge, lá será possível se deliciar com a culinária típica da região e ainda curtir uma boa música ao vivo. Tudo com muita simplicidade, mas muito bom gosto.

Veja também:  Trekking? Conheça 5 destinos incríveis no Brasil

Destinos próximos:

Cavalcante – Cachoeira Santa Bárbara

Com certeza você já deve ter ouvido falar desse lugar, ou melhor, dessa cachoeira! la tem feito muito sucesso com as suas fotos pelas redes sociais. Para chegar até a Cachoeira Santa Bárbara você irá percorrer uma estrada de terra em aproximadamente 27km do centro de Cavalcante, cidade próxima a Chapada dos Veadeiros, até o Povoado Engenho II que fica dentro da comunidade quilombola Kalunga.

A taxa de entrada é de R$ 20 (é importante consultar se ainda continua esse valor), e é obrigatória a presença de um guia. Outra informação importante é que o acesso para a cachoeira é limitado a 300 pessoas por dia, por isso é importante se planejar para chegar cedo. A Cachoeira Santa Bárbara tem um tom de azul cristalino que deixa todos os visitantes encantados, com certeza essa é uma atração imperdível da Chapada dos Veadeiros.

O que fazer na Chapada dos Veadeiros
créditos: Naiane Cascardo/creative commons/Wikimedia Commons

Brasília

Para chegar até a Chapada dos Veadeiros de forma mais rápida é obrigatório que se passe por Brasília, afinal, lá se localiza o aeroporto mais próximo da Chapada. Então, que tal dar uma paradinha na cidade e conhecer um pouco do que essa terra oferece? É indicado que você escolha essa parada assim que chegar ou no final da sua viagem para a Chapada dos Veadeiros, porque de qualquer forma é caminho.

Ao contrário da Chapada dos Veadeiros, Brasília oferece grande estrutura, tanto de hospedagens, como em atrações de lazer. Então, se você tem interesse em conhecer uma cidade grande junto do seu roteiro, Brasília se encaixa perfeitamente.

CLIQUE AQUI E GARANTA SUA VIAGEM PARA BRASÍLIA
Brasília
créditos: Pixabay

Viva mais histórias na Chapada dos Veadeiros com o Hurb!