Home » Gastronomia » Copa do Mundo 2018: para entrar no clima, conheça 3 pratos tradicionais da Rússia
Gastronomia

Copa do Mundo 2018: para entrar no clima, conheça 3 pratos tradicionais da Rússia

Parece que nós, brasileiros, ainda nem nos recuperamos do fatídico “7 x 1”, mas a Copa do Mundo já está aí de volta! A edição 2018 do mundial de futebol acontece na Rússia e começa oficialmente no próximo dia 14. A Rússia é um país conhecido por ter muitos mistérios, mas um deles a gente garante desvendar: sua gastronomia!

Vários pratos típicos da culinária russa acabaram se popularizando ao redor de todo o mundo. Hoje, aqui no Bistrô HU, apresentamos três deles que você merece conhecer. Confira!

Frango à Kiev

copa do mundo
Foto: Dreamstime

Essa receita leva o nome da capital de outro país: a Ucrânia! A lenda afirma que os aristocratas russos, em sua época czarista, eram apaixonados pela culinária francesa. Por esse motivo, teriam contratados chefs gauleses para criar receitas nobres. Dessa maneira teria surgido o prato, que é composto de frango desossado empanado, recheado com manteiga e ervas finas.

Borscht

copa do mundo
Foto: Andrew Scrivani/The New York Times

Não apenas na Rússia, a borscht é tradicional em toda Europa Central e do Leste. Trata-se de uma sopa à base de beterraba que pode ser servida fria ou quente. Os vegetais são assados, cozidos e batidos durante o preparo. Em algumas versões do prato, carnes ou cogumelos acompanham o creme.

Blini

blini copa do mundo
Foto: Fred R. Conrad/The New York Times

Tradicionais panquecas russas feitas de trigo, as blini são um grande coringa da culinária local. Podem ser servidas com sour cream, caviar, geleia, manteiga – basicamente o que a imaginação permitir. Tradicionalmente, eram feitas no forno, mas hoje em dia vão para a frigideira, como suas populares irmãs norte-americanas.

Enquanto acontece a Copa do Mundo 2018, na Rússia, a gente promete voltar nesse assunto e trazer mais curiosidades sobre a gastronomia deste país tão incrível. Fique sempre de olho aqui no site e viva mais histórias com o HU!