Home » Dicas de Viagem » Cusco, um museu natural em solo peruano
Dicas de Viagem Internacionais

Cusco, um museu natural em solo peruano

Principal destino do Peru e um dos estados mais visitados da América Latina, Cusco desperta sentimentos singulares em seus visitantes que além de um passeio que transborda história e cultura, aproveitam uma cidade com eficaz rede hoteleira, bons restaurantes, bares, cafés, pubs e boates.

Apesar de as construções Incas datarem de tempos longínquos, pelo menos geograficamente tudo está bem próximo em Cusco. Em uma área de aproximadamente 72 mil km estão espalhados sítios arqueológicas, igrejas, paisagens naturais, comunidades indígenas e mercados com produtos artesanais.

Cusco (2)

 

Essa é uma das poucas regiões da América do Sul que propicia ao turista uma viagem de profunda imersão no passado, sem deixar também de oferece boas opções de lazer dos dias atuais. Os pubs e bares, por exemplo, estão sempre repletos de jovens do mundo inteiro. Sem falar nas opções para os esportistas, que encontram três cordilheiras com numerosos picos nevados. O trekking e o montanhismo também são muito praticados por lá.

Cusco (1)

Para o turista que deseja conhecer a região Inca, a dica é começar a viagem pela capital homônima ao estado. Paulistanos, cariocas e belo-horizontinos têm opções de voos diários com escala em Lima. Poucos minutos após o desembarque o visitante já vislumbra uma cidade belíssima.

Por todos os lados é possível se deparar com o legado deixado pelos espanhóis, que colonizaram a região. Praças, igrejas, museus e construções mesclam a arquitetura Inca e o estilo barroco dos colonizadores europeus. A história se passa diante dos olhos de quem faz uma simples caminhada na rua. Nos arredores estão vários sítios arqueológicos, onde é possível se deparar com as tradicionais construções Incas, caracterizadas por imensas pedras sobrepostas umas sobre as outras.

Veja também:  Um arco-íris na terra: conheça a Montanha das Sete Cores, no Peru

Assim como tudo na cidade, os hotéis também respiram o passado, que em alguns é reverenciado com coleções de quadros originais de arte cusqueña.

Causas RellenasA gastronomia costuma ser mais um atrativo da viagem para Cusco. Entre os pratos mais tradicionais estão o ceviche (prato elaborado com peixe cru e suco de limão), as causas rellenas (refeição à base de batatas, limão e pimentão), o coquetel à base milho vermelho, chamado Chica Morada e as inúmeras sobremesas a base de frutas e doce de leite, ou chocolate.

Quem procura por sofisticação na hora da refeição pode procurar o Chicha, restaurante do premiado chef Gaston Acurio. Outra opção é o restaurante Senzo, localizado dentro do hotel Palácio Las Nazarenas.

No próximo post falaremos sobre Machu Pichu, o sítio arqueológico mais famoso da América do Sul.