Home » Internacionais » Dica de Viagem: o que fazer em Bangkok, na Tailândia, pelo site Vai Mesmo  
Dicas de Viagem Internacionais

Dica de Viagem: o que fazer em Bangkok, na Tailândia, pelo site Vai Mesmo  

Pelo site Vai Mesmo

Certamente você já ouviu ou leu a frase de Mario Quintana: “Viajar é trocar a roupa da alma”

Nunca essa frase fez tanto sentido como ao viajar para a Tailândia.
O país mais exótico do sudeste Asiático, a Tailândia é um país de gente feliz, roupas coloridas, ilhas com paisagens paradisíacas, muita cultura, profunda religião, cidade com transito caótico e templos de tirar o fôlego.

Viajar pra Tailândia pode (e vai) ser uma das experiências mais incríveis na vida de qualquer viajante.

templo do sol Bangkok

Capital: Bangkok
População: 67,5 milhões
Língua Oficial: Tailandês
Fuso horário: GMT +7
Código telefônico internacional: +66
Moeda oficial: Bath tailandês (THB)
Fronteiras terrestres: Camboja, Laos, Malásia, Myanmar
Visto: Dispensado para Brasileiros
Obrigatório: Passaporte, Certificado internacional de vacinação contra febre amarela

Todo mundo que viaja para a Tailândia o faz buscando (claro), suas ilhas paradisíacas, mas todo mundo também faz um break em Bangkok.
E porque isso acontece?

O planejamento da sua viagem a Tailândia vai depender do tipo de viagem que você quer fazer.
Normalmente Bangkok serve de hub para quem quer visitar as ilhas, mas a possibilidade de conhecer a vida agitada e os imponentes templos de Bangkok fazem com que as pessoas passem algumas noites na cidade antes de seguir viagem até as ilhas.

koa sao road

O Vai Mesmo esteve em Bangkok e agora vamos listar abaixo alguns lugares que você não pode deixar de visitar se passar por lá.

Bangkok – Koa Sao Road
Certamente se você assistiu “A praia” e “Se Beber não case 2” ao chegar na Koa Sao Road você vai se lembrar.
Essa pequena avenida dá a cidade de Bangkok a fama de um dos destinos mais loucos do planeta. Isso porque essa avenida nunca para.
Na Koa Sao Road você terá o que ver e fazer 24 horas por dia, e acredite, visitar a avenida de noite é totalmente diferente do que visitar de dia.
Tudo (absolutamente tudo) que você quiser comprar, lá você encontra. Desde uma calça (super estilosa) para ir ao templo, até camisas, biquínis, vestidos, chapéus dos mais variados modelos, roupas de muai thai, sandálias, bolsas, mochilas (muitas), malas de viagem, tapetes de meditação, quadros, artigos de decoração para casa, produtos de beleza, locais para fazer as maravilhosas massagens Tailandesas na própria rua, Bares, restaurantes, casas de câmbio, agências de viagem, McDonalds, KFC, sorvetes servido dentro de um coco, até barata, grilo e escorpião no palito (pois é).
Barganhe, pechinche… Lá (e na Tailândia de um modo geral) é comum se negociar valor. Não aceite o primeiro valor que lhe pedirem, tente um desconto, quase sempre você consegue.
E se você tiver coragem, de provar um escorpião no palito…

Veja também:  Conheça 5 lugares para interagir com animais selvagens

escorpião no palito

Massagens tailandesas

Atenção.
Bangkok é uma cidade com o transito bem caótico e quão melhor você se localizar, melhor para se locomover.
A Koa Sao Road fica estrategicamente localizada no centro da cidade, próximo dos principais templos, o que permite que você os percorra a pé ou a poucos minutos de táxi.
Tome cuidado com os táxis na Tailândia, a maioria dos taxistas só falam Tailandês e vão tentar fechar um valor com você antes de pegar a corrida. É difícil encontrar um taxista que use o taxímetro e ainda conseguir se comunicar com eles, mas tente.

koa sao road
Quando estivemos lá pegamos um táxi para visitar o mercado flutuante de Taling Chan. O taxista queria cobrar 300,00 baths pelo corrida, algo em torno de R$32,00 exigimos que ele ligasse o taxímetro e a corrida saiu por 90,00 baths (R$9,00).

Bangkok – Mercado Flutuante
Por falar em Mercado Flutuante existem vários em Bangkok e com certeza você deve visitar um deles.
Sugiro o mercado de Taling Chan, ele não é o mais famoso nem o mais visitado mas com certeza é o mais tradicional.

O mais famoso mercado flutuante em Bangkok é o mercado flutuante de Damnoen Saduak, porém esse mercado com o tempo está se descaracterizando, pois os turistas estão tomando o negócio para sí a fim de atrair mais turistas e com o tempo ele está deixando de ser um mercado flutuante para ser um ponto turístico. Todas as agências que vendem o passeio a um mercado flutuante vende para este mercado, o que o torno muito cheio.

Tailing chan

Já o mercado flutuante de Taling Chan é o mercado onde os locais vão para comprar comida, ele é menor, mas não perde seu charme.
Além dos barcos a beira do rio que preparam a comida na hora, o mercado tem uma enorme variedade de barracas que vendem desde frutas, a comidas típicas e artesanatos.
Nós almoçamos neste mercado, comemos um grande peixe assado na grelha por uma simpática senhora dentro do seu barco e uma porção de enormes camarões, acompanhado com uma gelada Chang (a cerveja mais famosa da Tailândia) o prato serviu 4 pessoas e gastamos 500,00 Baths (algo em torno de R$50,00)

Veja também:  10 destinos incríveis com passagens aéreas super baratas

Bangkok – Templos
Impossível ir a Bangkok e não visitar seus templos, e templo é o que não falta nessa cidade, são dezenas, ou quase centenas deles.
Nós estivemos em dois deles

The Emerald Buddha (Wat Phra Kaeo – Grand Palace)
Esse com certeza é o mais famoso e o mais importante templo da Tailândia pois ele fica no Grand Palace, antiga residência da família real.
Este templo foi construído em 1792 e como todos os templos de lá, sua arquitetura é simplesmente espetacular. O templo é um dos preferidos dos tailandeses e como não poderia deixar de ser, dos turistas também.
A principal imagem do Buda deste templo diferente da maioria não chama atenção pelo seu tamanho, mas sim pelo fato dela ter sido esculpida em uma única peça de esmeralda. É proibido tirar foto deste buda.

Grand Palace

Grand Palace

The Reclining Buddha (Wat Pho)

Localizado exatamente em frente do Grand Palace, o templo de Wat Pho é também conhecido como “templo do Buda Reclinado” e é um dos templos mais antigos de Bangkok.
Ao contrário do pequeno Buda de esmeralda, Wat Pho abriga uma estátua do Buda folheada a ouro que mede 46 metros de comprimento e 15 metros de altura, somente os pés da estátua medem 4 metros e são decorados com madrepérola.

Grand Palace

Great budha

Por: @fabitohenrique
www.vaimesmo.com