Home » Gastronomia » Intoxicação infantil: beber leite ou forçar vômito são mitos perigosos
Gastronomia

Intoxicação infantil: beber leite ou forçar vômito são mitos perigosos

É claro que, em um cenário ideal, a melhor hipótese seria nossas crianças nunca sofrerem intoxicação, não é mesmo? Dispor remédios e produtos de limpeza longe do alcance dos pequenos é a melhor maneira de evitar esse problema. Mesmo assim, caso aconteça, é sempre importante que os pais conheçam os cuidados a serem tomados nesses casos de emergência.

Alguns mitos amplamente difundidos acabam sendo inimigos dos adultos nessas horas e podem complicar ainda mais a situação. Por exemplo, os principais: obrigar a criança a beber água, leite ou forçar o seu vômito.

intoxicação infantil
intoxicação infantil leite

Pediatras garantem que essas ações podem piorar o quadro de saúde da criança. Se o envenenamento for por soda cáustica, por exemplo, ela sofreria uma queimadura quando ingeriu e outra quando for vomitar. Já a água e o leite podem fazer com que a substância tóxica seja diluída no estômago, fazendo com que ela seja mais rapidamente absorvida pelo organismo!

Sendo assim, o que deve ser feito é confiar em um profissional qualificado e não perder tempo tentando resolver o problema sozinho. Ao notar qualquer sinal do envenenamento (exemplo: queixa de dor de barriga ou convulsão), o adulto deve identificar o produto ingerido, ligar para a emergência e levar a criança imediatamente ao pronto-socorro.

A eficácia do atendimento médico prestado a uma criança intoxicada tem muito mais chances de ocorrer caso o responsável por ela tenha uma quantidade grande de informações sobre como ocorreu a intoxicação. Também é importante se manter calmo!

Evitando a intoxicação infantil

Sabia que a intoxicação é a terceira maior causa de emergência médica no mundo? Apenas os acidentes e doenças infecciosas graves levam mais pessoas aos hospitais. Quanto menor a idade da criança, maior é o risco de ela ser atraída pelas cores chamativas das embalagens e o cheiro muitas vezes, agradável de um produto químico.

Veja também:  O Hotel Urbano ganhou o Prêmio ÉPOCA ReclameAQUI 2014

Pediatras esclarecem que, até os dois anos de idade, as crianças estão na chamada “fase oral”. Essas crianças colocam tudo que encontram na boca!

intoxicação infantil
Foto: DepositPhotos

Como prevenir é sempre o melhor remédio, os pais devem manter todos os produtos tóxicos fora do alcance dos filhos. De preferência, deixe-os em armários trancados com chave! Ainda, nunca guarde medicamentos ou produtos tóxicos em caixas destinadas a alimentos, pois aí as crianças têm ainda mais tendência para mexer.

Quem compra produtos como cândida e desinfetante de ambulantes e os deixam em garrafas PET deve redobrar os cuidados ao armazenar os produtos. Retire tudo o que está à vista da criança, para que não corra situações deste gênero.

Viva mais história com o HU.

O post Intoxicação infantil: beber leite ou forçar vômito são mitos perigosos apareceu primeiro em Bistrô HU | Tudo sobre curiosidades gastronômicas, dicas, culinária nacional e internacional.