Home » Nacionais » Maceió – Uma alegria só
Dicas de Viagem Nacionais

Maceió – Uma alegria só

Maceió – Uma alegria só

Um dos destinos mais cobiçados de todo verão, Maceió, Alagoas é o roteiro certo para quem busca praias belíssimas e alto-astral!

O Viajante HU preparou uma seleção de passeios e eventos que farão com que você fique numa alegria só em compartilhar esses momentos!

Praias paradisíacas margeadas por imensos coqueirais, canaviais em areias douradas, tudo isso bem próximo aos hotéis e resorts e dos mais badalados points da cidade.

Vista de Maceió

As praias

40km de praias lindíssimas, de águas transparentes de nuances verde-clarinho ao azul turquesa e piscinas naturais – as praias urbanas são tão apaixonantes quanto as mais afastadas.

Jatiúca é bastante famosa, mas antes de ir é bom se informar quanto as condições do mar;

A da Sereia é tranquila, uma das melhores da cidade, recebe muitos turistas tanto na lta quanto na baixa temporada, com estreita faixa de areia vermelha, ótima para crianças e idosos e para uma caminhada refrescante no fim de tarde;    Praia da Sereia

De Pajuçara partem as jangadas para o aquário natural mais visitado da cidade;

Ponta Verde é uma das melhores praias urbanas, com águas claras e muito calmas, próprias para a prática do windsurfe, caiaque e stand-up paddle;

Cruz das almas é famosa pelas ondas bravias e os recifes submersos –  uma praia conhecida dos surfistas. Toda atenção é pouca para que não haja acidentes;

Paripueira tem bancos de areia que formam piscinas naturais, acessíveis por lanchas na maré baixa, uma praia frequentada pelos locais. De barco partem canoas a isolada praia do Carro quebrado, em Barra de Santo Antônio, por entre falésias de diferentes tonalidades;

Veja também:  Guia de viagem: Porto Seguro

A Praia do Gunga é o que há de mais badalado no momento, um extenso pontal de areia branca, coqueirais em sequência, piscinas naturais e infraestrutura turística e de lazer.

Na costa dos corais, ao norte de Maceió, encontramos praias desertas e inesquecíveis, em meio a uma estrada permeada de coqueirais – como a de São Miguel dos Milagres que guardam vilarejos simples e vilas de pescadores;

Às margens do Rio São Francisco, na cidade de Barra de São Miguel e em Penedo, é possível conhecer a foz do rio da integração nacional, o Velho Chico, em seu encontro com o mar, num abraço envolvente com as dunas douradas.

 Foz do Rio São Francisco

Atrações Culturais

As atrações culturais ficam fora da orla de Maceió. Para quem curte arquitetura, vale a pena conferir as igrejas construídas em diversos estilos arquitetônicos, do barroco ao gótico; Na antiga zona boêmia, Jaraguá, é possível encontrar construções históricas   que datam do século XIX, além de casarões e armazéns.

Você deve conhecer o Museu Theo Brandão de antropologia e folclore brasileiro; O Museu de História Natural; O memorial Teotônio Vilela, idealizado por Oscar Niemeyer e o Mirante de São Gonçalo com a vista privilegiada da orla de Maceió.

Também é importante conhecer e adquirir a rica arte popular nordestina – o artesanato e as obras de arte que todos devemos valorizar em nossas lembranças de viagem. São quadros de artistas plásticos locais retratando o cotidiano da capital e das demais cidades. Além disso, o trabalho primoroso das rendeiras é um capítulo à parte – a arte dos bordados passada de mãe para filha, em especial, no bairro Pontal da Barra. Para adquirir essas obras de arte local você pode ir na Feirinha de artesanato da Pajuçara, no Mercado do Artesanato do bairro Levada ou na Feira de artesanato do Pontal da Barra.

Veja também:  Viagens imperdíveis: Fortaleza + Jericoacoara

rendas

Gastronomia

Em Jatiúca surgiu o primeiro polo gastronômico da capital, destacada nos guias turísticos da região. Na orla de Maceió há uma infraestrutura básica, de bares, quiosques, restaurantes no calçadão onde ficam as famosas e simpáticas tapioqueiras (Tapioca recheada para todos os gostos!).

Por toda orla é possível encontrar grande variedade de opções tanto da culinária regional, com ênfase em frutos do mar, lagos e rios quanto restaurantes peruanos, japoneses, italianos… culinária para todos os paladares. As iguarias são de origem indígena e africana, como tapioca, cuscuz de milho, massa puba, arroz doce, batata doce, inhame e macaxeira com carne de sol, beiju, grude de goma, pé de moleque, munguzá, canjica e pamonha as quais costumam ser servidas nos cafés da manhã e da noite.

Uma dica de dar água na boca é que você prove alguma iguaria a base de sururu – um molusco que tem propriedades afrodisíacas.

tapioca

Vida noturna

Em Maceió tem diversas opções de entretenimento, choperias, boates, baladas e casas de shows: Maikai, Match, Armazém Uzina, Orákulo, Ork Music Sessions… axé, forró, sertanejo, rock… som para todas as tribos e diversão na certa. Confira a programação de outros eventos no site Maceió 40 graus.

Aposto que você ficou morrendo de vontade de viajar agora, não é não? então, corre lá no Hotel Urbano e veja os pacotes e condições ideais para sua inesquecível viagem à Maceió.

Cadastre-se

Receba Dicas de Roteiros Nacionais e Internacionais do Brasil e do Mundo.

Você vai se interessar…

Comprar Passagem de Ônibus