Home » Curiosidades » Messi anuncia que Barcelona irá diminuir 70% de seus salários durante o coronavírus
Curiosidades

Messi anuncia que Barcelona irá diminuir 70% de seus salários durante o coronavírus

Em meio a pandemia do novo coronavírus, começaram a aparecer muitas especulações em relação ao salário dos jogadores de futebol, que como todos sabem, não são baixos. Por isso, nesta segunda-feira, Lionel Messi, jogador do Barcelona, usou sua conta na rede social Instagram para postar um comunicado oficial em relação ao assunto dos salários durante o coronavírus.

Messi coronavírus
créditos: Pau Barrena/AFP

O craque argentino disse que ele e todo o resto do time irão reduzir seus salários em 70% até o final do estado de emergência na Espanha. Segundo ele, essa redução será para contribuir com o pagamento integral dos funcionários do clube. Tais cortes nos salários já estavam sendo discutidos, porém, ainda não tinham sido divulgados os valores. Por isso, em seu comunicado oficial, Messi quis mandar um recado para todos:

“Antes de mais nada queremos deixar claro que a nossa vontade sempre foi a de reduzir o nosso salário porque entendemos perfeitamente que se trata de uma situação excepcional e somos SEMPRE os primeiros a ajudar o clube quando nos é pedido. Não deixa de nos surpreender que dentro do clube houvesse quem nos quisesse colocar pressão para fazermos algo que para nós sempre foi claro que faríamos”, disse o craque do time.

Messi coronavírus
créditos: Instagram / @leomessi

Para se despedir, Lionel Messi ainda deixou uma mensagem de esperança para esse momento delicado durante a pandemia do novo coronavírus. “Não queremos nos despedir sem enviar um afetuoso abraço e muita força a todos os torcedores do Barcelona que estão em situação difícil neste momento tão duro. Assim como todos que esperam pacientemente o final desta crise em suas casas. Juntos, rapidamente vamos sair disso”.

CLIQUE AQUI E GARANTA SUA VIAGEM PARA 2021 COM O MELHOR PREÇO

Com a quarentena instalada em várias partes do mundo, o futebol também teve que ficar paralisado, inclusive o time espanhol, que ainda não tem previsão para voltar aos campos.

Veja também:  Pesquisadoras brasileiras sequenciam genoma do coronavírus em tempo recorde

Viva mais histórias com o Hurb!