Home » Curiosidades » Ultrassom impresso em 3D permite que casal cego veja seu bebê
Curiosidades

Ultrassom impresso em 3D permite que casal cego veja seu bebê

Quando o casal, Ana Paula Silveira e seu marido Álvaro Zermiani, ambos cegos, foram fazer a primeira ultrassonografia do bebê, ficaram muito contentes e emocionados em saber que o feto estava perfeitamente saudável e forte, mas ao mesmo tempo sabiam que nada poderia se igualar a experiência de serem capazes de ver o bebê em uma tela na frente deles.

Créditos: Ana Paula Silveira e Alvaro Zermiani

Por serem cegos, a única maneira de saber os detalhes sobre o filho era através de descrições feitas pelo médico, ou após o nascimento, quando seria possível tocar a criança.

Mas dessa vez a história tomou um rumo diferente.

Créditos: inspiremore.com

Comovido com a situação dos papais e mamães com deficiência visual, o obstetra e ginecologista, Dr. Heron Werner, se lembrou de um projeto de impressão 3D que ele viu em 2007 durante uma exposição no Museu Nacional do Brasil e teve a brilhante ideia de levar a mesma tecnologia aos fetos. Desde então, Dr. Heron passou a presentear mulheres com deficiência visual e seus parceiros com a ultrassonografia impressa em 3D, totalmente gratuita.

“A partir do momento em que chegamos ao exame de ultrassom de alta qualidade, pela possibilidade de impressão 3D, percebi que também poderia servir para melhorar a experiência do pré-natal para gestantes com deficiência visual. ”, disse o Dr. Heron.

Créditos: wonderfulengineering.com

Graças à moderna tecnologia de impressão 3D e ao Dr. Heron, Ana Paula e Álvaro conseguiram segurar um pequeno boneco, que era uma réplica exata de seu bebê. Os detalhes eram tão precisos que eles podiam sentir o rosto com os dedos e até perceber que o bebê tinha uma semelhança com o rosto do pai.

“Graças aos exames e à impressão, pudemos não só saber que nosso bebê estava crescendo saudável, mas também ter um contato muito real e estabelecer um envolvimento muito forte com nosso filho”, disse Ana Paula.

Veja também:  Casal decide viver como se todo dia fosse sábado e sai em viagem de volta ao mundo

Viva mais história com o Hurb!