Home » Curiosidades » Os táxis ao redor do mundo
Curiosidades Internacionais

Os táxis ao redor do mundo

Essenciais em uma viagem para muitas pessoas, os táxis estão presentes aos montes em todas as cidades turísticas do planeta.

Os estilos, dos táxis e dos taxistas, variam bastante de cidade para cidade. Alguns carros são tão característicos que fazem parte da cultura  local. É o caso dos “Black Cabs” londrinos e dos Fuscas verdes da Cidade do México.

Neste post, você vai ficar por dentro de diversos modelos de táxis curiosos ao redor do mundo. Dê uma voltinha pela página e fique à vontade. Ah, fica tranquilo que a bandeira aqui é zero e você é nosso passageiro especial. Não precisa ficar preocupado com o taxímetro!

Taxi Tokyo 1
Os táxis em Tóquio têm a fama de cobrar preços bem elevados

 

Buenos Aires (Argentina)

Táxis Buenos Aires
Será que é difícil pegar táxi em Buenos Aires?

Os táxis em Buenos Aires são bem característicos. Assim como muitos outros presentes neste post, estão intrinsecamente
ligados à cidade. De certa forma, já fazem parte do cenário turístico da região.

Como em muitos outros lugares, os taxistas da Argentina muitas vezes tentam dar uma de malandro para tirar vantagem dos turistas mais distraídos. Portanto, fique bem atento quando for pegar um táxi por lá. Ah, e não se assuste se um dia for para Mumbai (Índia) e, depois que chamar o táxi, aparecer um com exatamente estas cores. A pintura é exatamente a mesma.

Táxi Buenos Aires 2
Um taxista hermano posando para a foto

 Cidade do México (México)

Taxi Mexicano 1
Fusquinhas estão com os dias contados no México

Os famosíssimos e queridos Fuscas compõem a maioria da frota de táxis mexicana. O verde limão na parte inferior e o branco no teto do carro (cores oficiais dos táxis legalizados no México) dão um charme único ao veículo. É muito estilo.

Porém, os Bettles estão com os dias contados. No fim de 2012 venceram as últimas licenças dos fusquinhas que podiam rodar legalmente pela cidade. É o início de uma contagem regressiva para a substituição dos Volks por carros mais modernos. Uma pena!

Veja também:  Confira esses 5 Resorts mais baratos do Walt Disney World em Orlando
Taxi Mexicano
Esse aí está precisando de uma pequena lanternagem na lateral. Nada que tire o charme.

 Nova Iorque (Estados Unidos)

New York Taxi

Esses são, muito provavelmente, os táxis mais famosos do mundo. Andar em um desses amarelinhos nova-iorquinos é mais barato que andar em um, também amarelinho, táxi do Rio de Janeiro. Porém, mais complicado.

É preciso ficar atento às luzes que ficam no teto do carro. Elas têm três significados. Quando as luzes laterais estão apagadas e a parte do meio estiver acessa, é só fazer sinal que ele encostará para você entrar. Quando todas as luzes estão apagadas, o táxi está ocupado. E, quando as luzes laterais estão acessas e a do meio está apagada o táxi está fora de serviço (off duty).

New York Taxi1

Londres (Inglaterra)

Black Cabs1
Os taxistas londrinos tem que decorar quase 20 mil ruas para estarem habilitados a trabalhar. Sem GPS.

As ruas londrinas são uma atração à parte da capital. Os ônibus de dois andares, as cabines de telefone vermelhas e os elegantes táxis modelo Austin FX4 ou LTI TX, de cor preto azulado. Os “Black Cabs” são considerados os táxis mais confortáveis do mundo.

Mas se engana quem pensa que a vida do taxista londrino é fácil. Para obter a licença é preciso conhecer muito bem cada rua, cada esquina, cada cantinho da cidade. Por quê? Porque simplesmente existe uma lei que exige que cada taxista conheça todos os pontos da metrópole. Bancos, praças, shoppings, hospitais, tudo. Os conhecimentos geográficos dos motoristas são postos à prova no momento do teste que concede a Knowledge (licença para trabalhar como taxista).

Black Cabs
Geralmente as praças de táxis situam-se nos pontos turísticos mais famosos

Bancoc (Tailândia)

Tuk Tuk Bancoc1
Tuk-Tuk em alta velocidade.

Os taxistas de Bancoc, que pilotam esse curioso triciclo motorizado chamado Tuk-Tuk, têm fama de aproveitadores. Alguns podem até realmente agir de má fé. Mas a capital tailandesa vive um caso específico. Boa parte dos motoristas de Tuk-Tuk não conhecem realmente as ruas da cidade. São trabalhadores rurais que, nos fins de semana vão aos locais turísticos da cidade na esperança de ganhar um dinheirinho extra.

Veja também:  50 itens mais bizarros deixados dentro dos carros de aplicativo

Os motoristas de Tuk-Tuk também têm fama de mentirosos: dizem que um determinado ponto turístico está fechado a fim de levar os passageiros a um local de seu interesse.

Tuk Tuk Bancoc
Tuk-tuk – Meio de transporte não é dos mais aconselháveis

Confira nossos pacotes e garanta seu passeio!