Home » Curiosidades » Passageira é flagrada transportando esqueleto humano em sua mala
Curiosidades

Passageira é flagrada transportando esqueleto humano em sua mala

Sabe aquelas pessoas que trabalham fazendo o raio-x nos aeroportos? Com certeza elas já devem ter visto muitas coisas inusitadas. Nesse caso, é bem inusitado! Uma mulher que saiu da Grécia para a Armênia, fez conexão na Alemanha, por lá ela foi parada no Aeroporto de Munique para fazer o raio-x. Durante o raio-x da sua bagagem funcionários descobriram uma caixa de madeira que continha nada mais nada menos que um esqueleto humano.

O esqueleto se tratava do seu marido, que já estava morto há mais de 10 anos. A passageira tem 74 anos e estava viajando com a filha. Depois que os funcionários descobriram o esqueleto humano dentro de sua bagagem, eles alertaram a alfândega, também chamaram um médico e um promotor público para ajudar na investigação do objeto. Mas, durante o interrogatório policial, ficou claro que a mulher queria apenas levar o esqueleto do seu marido para o local onde ele nasceu. O homem morreu em 2008 e estava enterrado próximo à casa do casal em Tessalônica, no norte da Grécia.

esqueleto humano
créditos: Reprodução

A senhora apresentou os documentos que provavam suas reivindicações e a transferência do esqueleto acabou sendo considerada legal judicialmente. Por isso, os ossos do marido foram autorizados a continuar viagem.

Mas, vocês sabiam que essa não foi a primeira vez que um viajante foi parado transportando ossos humanos? Uma outra mulher e sua amiga foram detidas pelas autoridades enquanto estavam viajando do Brasil para a Itália. O raio-x revelou um saco plástico com um crânio humano e ossos na bagagem da mulher. Os ossos pertenciam ao irmão da mulher, que tinha o desejo de ser enterrado no país europeu. Bizarro, né?

CLIQUE AQUI E SAIBA O QUE LEVAR NA SUA MALA DE VIAGEM
esqueleto humano
créditos: Reprodução

Se você está achando todas essas histórias estranhas, calma! É possível esse tipo de transporte dentro dos aviões, desde que, claro, exista os documentos necessários, como: atestado de óbito e um certificado de cremação, se for o caso.

Veja também:  La Casa de Papel: conheça as cidades que dão nome aos personagens

Viva mais histórias com o Hurb!