Home » Mundo Hurb » Notícias » Primeira-ministra da Noruega tranquiliza crianças sobre coronavírus por videoconferência
Curiosidades

Primeira-ministra da Noruega tranquiliza crianças sobre coronavírus por videoconferência

Em uma nublada e incomum segunda-feira (16), a Noruega acordou com a maioria de seus estabelecimentos, instituições privadas, escolas e jardins-de-infância fechados. O país convocou forças emergenciais para a suspensão de tais. No entanto, o quão desconcertante pode ser uma situação desconhecida e repentina, como essa, para crianças? Pensando nisso, a Primeira-ministra da Noruega realizaram uma conferência de notícias de 30 minutos transmitida especialmente para os pequenos. Nesta, responderam a seus questionamentos sobre os acontecimentos atuais e os tranquilizaram quanto a suas famílias e amigos.

Primeira-ministra da Noruega
Noruega. Foto: Volker Glätsch/Pixabay.

As perguntas das crianças chegaram pelas plataformas do programa de entretenimento norueguês “Supernytt”, do canal infantil NRK Super, e também pelo jornal infanto-juvenil Aftenpost Junior. A primeira-ministra norueguesa Erna Solberg, acompanhada de mais dois ministros, iniciou a conferência; esta um pouco diferente: uma na qual os jornalistas adultos estavam banidos.

As perguntas das crianças, que, por sinal, mostraram-se completamente válidas, variaram de questões pessoais, sobre festas de aniversário de amigos, até assuntos mais sérios, como o boost de imunidade do qual todos precisamos nesse tempo de pandemia. O número de pessoas na Noruega que registraram os sintomas primários do novo coronavírus por uma inovadora ferramenta online é de, pelo menos, 24 mil pessoas.

“Tento dormir o suficiente,” iniciou a ministra. “Não significa que durmo tanto quanto adolescentes, mas sou muito boa no quesito sono quando estou livre”. Outro segredo revelado por Solberg foi comer e beber o suco de bilberries, frutinhas selvagens que consistem em uma versão menor do mirtilo, ou blueberry. As mesmas estão inclusas há muito na dieta nórdica, e surpreendem por seu poder desinflamatório no corpo, também reduzindo o número de células de gordura no corpo em até 73%.

Veja também:  Pão de Açúcar anuncia horário exclusivo para idosos durante quarentena

Quando indagada quanto ao motivo de as crianças não poderem comemorar seus aniversários, Solberg afirmou que aglomerações são indesejáveis, para prevenir que sejam infectadas mais pessoas. “Caso algum colega de classe faça aniversário, liguem cantando feliz aniversário!”, sugeriu Erna as crianças. “Você pode usar um pouco mais de sua criatividade e tentar celebrar por FaceTime ou pensar em alguma outra coisa que você julgue ser legal”, finalizou a ministra.

Primeira-ministra da Noruega
Foto: Google Images.

Erna aconselhou os jovens a regularizarem suas alimentações e a não ficarem acordados até tarde em dispositivos eletrônicos. A primeira-ministra alvitrou também que as crianças se acostumassem com o sistema de ensino caseiro, e que, apesar de estarem longe da escola, aprender pode ser divertido. “Mesmo que suas escolas tenham sido contaminadas, vai ficar tudo bem com, basicamente, quase todos. Logo, o mesmo com mamãe e papai, caso eles sejam infectados. Adultos que estão saudáveis não ficam muito doentes, mas o coronavírus pode ser perigoso àqueles que tenham doenças sérias, os que já estão doentes por algo além disto.”

A mesma deixou a mensagem de que está tudo bem em sentir medo perante a situação com o Covid-19, ambos de ser infectado e quanto a mudança na sociedade. “Não há problema em sentir-se assustado quando muito acontece ao mesmo tempo”.

A iniciativa de Erna segue os passos da conferência de 3 minutos que a também primeira-ministra da Dinamarca, Mette Frederiksen, realizou na semana anterior. Outros países mostram inspiração na ação das ministras e planejam copiar a ideia.

A Noruega possui mais de 4.445 casos de pacientes infectados com o Covid-19.

Viva mais histórias com o Hurb!