Home » Bem Estar » O sucesso em tempos difíceis
Bem Estar

O sucesso em tempos difíceis

Estamos vivendo um tempo de isolamento social causado por uma pandemia mundial derivada por um organismo microscópico.

Um vírus, que em sua essência e tamanho não assusta ninguém mas por sua alta capacidade de infecção, gerou uma crise Mundial.

Pessoas morrendo por insuficiência respiratória causadas pela infecção através do vírus.

Bolsas de valores ao redor do globo em queda e o temor ronda com outros efeitos em cadeia, como desempregos, fome e outras doenças causadas pelo pânico.

Coronavirus
Coronavirus

A ciência reconhece através de estudos clínicos que nesses momentos, a fé é uma grande aliada ao equilíbrio psicológico, como também ao espiritual.

E manter um equilíbrio emocional é muito importante para que o sistema imunológico também não se enfraqueça causando vulnerabilidades.

Mas existem muitas pessoas que tem grandes visões futurísticas em meio às crises, e conseguem empreender com ideias revolucionárias, que podem gerar cura para um mal ou mudar o destino de uma geração.

A história nos mostra claramente, que as grandes mentes do mundo em todas as épocas, se tornaram notáveis nos momentos mais críticos, ou até mesmo quando foram insultados ou menosprezados.

Um dos melhores exemplos que tenho de altivez, resiliência e genialidade está no grande Thomas Edson.

Um inventor conhecido por seus muitos fracassos, bem antes de ser conhecido por seus sucessos, Thomas Edison foi considerado “muito burro para aprender qualquer coisa”, de acordo com um de seus primeiros professores.

No entanto, todo mundo conhece o nome do homem responsável pela invenção da lâmpada – mesmo que ele tenha feito 1.001 tentativas antes de acertar.

Sua perseverança com esta invenção incorpora claramente a sua afirmação: “Eu não falhei 10.000 vezes – Eu fui bem-sucedido pois encontrei 10.000 maneiras que não funcionam.”

Veja também:  Mulher descobre ser 'presidente da República' ao pedir auxílio emergencial

Um outro grande exemplo, se deu durante a segunda guerra mundial. Tempos de muito medo, isolamento, incerteza e violência.

Momento inóspito, pouco provável de algo dar certo, e então surge uma das maiores histórias de sucesso do mundo através de Soichiro Honda

Quando Honda, o engenheiro cujo sobrenome deu origem à reconhecida empresa de carros, fracassou em conseguir um emprego na empresa concorrente, a Toyota.

Ele começou a fazer scooters na sua própria garagem. O mundo não poderia imaginar que essa época de desemprego iria levá-lo a criar um negócio de bilhões de dólares que conhecemos tão bem hoje.

Mas não poderia deixar de mencionar também aquelas mentes brilhantes que além de ter que superar a crise de sua época, também tinham a barreira da idade a serem superadas.

Muitos de nós, estamos preocupados com os efeitos econômicos causados por essa crise pandêmica, pelo fator idade.

No Brasil, existe o histórico do profissional se tornar obsoleto após os 40 anos, mas a boa notícia é que nunca é tarde para um recomeço, a resiliência, fé e perseverança podem fazer você alçar os melhores e mais altos vôos da sua vida.

Ray Croc, não teve medo desse vôo tardio, ele era apenas um vendedor de máquinas de milk shake.

Como se diz em inglês, um “average guy”, uma pessoa comum, sem grandes dotes.

No entanto, fundou o McDonald’s, uma das maiores cadeias de franquias do mundo, em 1954, quando tinha 52 anos.

A crise para muitos pode parecer o fim, mas para os otimistas é somente o começo de uma nova perspectiva.

Recentemente escrevi um artigo a respeito de tendências modernas de casamentos, onde abordei o tema Elopment Wedding.

Veja também:  Covid-19: Lady Gaga e OMS organizam shows virtuais para arrecadar fundos

Nesse artigo, mencionei que não tinha encontrado a minha melhor metade ainda, e durante essa crise do Corona Vírus, além de possibilidades empreendedoras, também encontrei o amor.

Aproveitem esse momento de isolamento para rever conceitos, e também para planejar o futuro.

Talvez seja a hora de tirar aquele projeto antigo da gaveta, re-analisar os investimentos e sonhos e brilhar.

Reserve as suas energias e positividade para fazer aquela viagem em família ou até mesmo sozinho.

A crise passará e novos tempos virão, com a perspectiva de crescimentos, sejam eles espirituais, profissionais, emocionais ou financeiros.

Se apegue a esperança e não pare de sonhar, lembrando sempre que em meio as piores crises, estão os melhores terrenos para se cultivar sonhos.

Espalhem boas vibes, sejam generosos com os menos afortunados espalhando esperança e boas ações.

E quando tudo isso passar, faça uma viagem relaxante e ame mais a vida, seu bem mais precioso.

Texto enviado pelo parceiro Eddie da SilvaConhecaonordeste.com