Home » Gastronomia » Como deixar o pastel crocante: conheça o segredo do pastel de feira
Curiosidades Gastronomia

Como deixar o pastel crocante: conheça o segredo do pastel de feira

Pastel! Vai dizer que não gosta? Difícil é encontrar quem não ame essa delícia que é um sucesso tanto no Brasil como em Portugal e em vários lugares do mundo. Com os mais variados recheios, cada um tem seu pastel preferido. Seja na feira aos domingos, naquele carrinho de rua ou na pastelaria da tiazinha ali da esquina…já reparou que a massa deles parece ser perfeita? E aí você deve ficar se perguntando: como deixar o pastel crocante e sequinho daquele jeito? Não se preocupe, o GoHurb separou as melhores dicas para você conseguir também fazer um pastel crocante digno de feira. Confira!

pastel de feira
Créditos: guadaim.com.br

É lógico que o pastel feito na feira é divino de tão delicioso. Mas, se por algum motivo, você quer reproduzir a receita em casa, saiba que é possível sim! Com algumas dicas de especialistas no assunto e um toque de carinho, seu pastel caseiro vai ficar de dar água na boca.

CLIQUE AQUI E CONHEÇA O PASTEL DE DOCE DE LEITE COM PAÇOCA

Ingredientes

Primeiro, os ingredientes: um bom pastel se faz apenas com água, farinha e sal – e um pouco de cachaça, para dar crocância à massa, revelam os entendidos do assunto. E essa foi apenas a primeira dica! Se liga nessas outras dicas de como deixar o pastel crocante e sequinho!

Massa

O pulo do gato é sovar (misturar a massa, de preferência com a mão) muito bem, até que ela fique totalmente lisa, homogênea e elástica. Esticar também é fundamental: quanto mais fina ela for, mais leve e crocante ficará o pastel depois de frito. Depois que a massa fica pronta, o ideal é rechear logo e fritar! Se precisar guardar, não deixe de enrolar bem em plástico filme – que mantém a umidade e não deixa ressecar.

Veja também:  Tudo o que você precisa saber sobre a 14ª edição do Paraty em Foco
como deixar o pastel crocante
Crédito da foto: Reprodução / Coluna Italo

Recheio

Não pode encher demais, nem exagerar no vazio. Um espaço para o vapor sair devagarinho é importante no resultado final do pastel, mas não pode ser espaço demais. Se rechear e guardar na geladeira, com certeza vai desandar! Só recheie quando for fritar na hora.

como deixar o pastel crocante
créditos: pastelaodomaluf.com.br

Fritura

Há quem diga que todo o segredo do pastel está justamente na fritura. Primeiro, a temperatura: o ideal é por volta dos 180ºC. Não tem termômetro? Então se liga: quando o óleo está na temperatura boa para fritar ele “fica parado”. Antes disso, pequenas ondinhas formam-se na superfície do líquido. E ainda: para descobrir se a temperatura está correta, jogue um pedacinho de massa na panela. A reação certa é que faça bolhas na hora e barulho! Se não fizer, o óleo está frio, se fizer demais e torrar com rapidez – passou do ponto. Essa é uma parte muito importante!

Outra questão é a quantidade… quanto mais óleo, melhor! Com 1 litro, você consegue fritar um pastel por vez. Com mais litros, frita-se mais e controla-se a temperatura: o óleo esfria mais devagar. O tempo de fritura vai de 30 segundos a 1 minuto, mas é preciso ficar de olho na cor: se ficou marrom foi longe demais. Além disso, vale a pena deixar que os pastéis arejem antes de ir para o papel absorvente. Dá para usar uma grade culinária, uma grelha ou até a peneira.

como deixar o pastel crocante

E aí? Agora que você já conhece os segredos, só falta separar os ingredientes e convidar os amigos para experimentar aquele saboroso pastel de feira?

Viva mais histórias deliciosas com o Hurb.