Home » Mundo Hurb » Notícias » The Economist: Brasil deve superar Reino Unido no turismo de negócios
Notícias

The Economist: Brasil deve superar Reino Unido no turismo de negócios

Viagem a trabalhoA seção de turismo da revista The Economist, mais respeitada publicação especializada em economia no mundo, publicou um estudo feito pela consultoria GBTA (Global Business Travel Association), que destaca o crescimento do setor de turismo de negócios do Brasil.

Na coluna o texto exaltava o excelente momento do turismo doméstico no segmento de negócios. A previsão é de que em 2013 o setor movimente US$ 27 bilhões, crescendo 12,9%.  “Atualmente, as viagens domésticas dominam o mercado brasileiro de turismo no segmento negócios. Mas, com a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos no horizonte, novas oportunidades vão aparecer e mais empresas devem se interessar por esse mercado”, sugere a nota da The Economist.

O estudo – que pode ser acessados através desse link –indica que o nosso país deve ultrapassar a França, a Itália e o Reino Unido no mercado de turismo de negócios.

O presidente da Embratur, Flávio Dino, avalia de forma positiva o resultado do estudo. “As estimativas da GBTA vêm confirmar o nossa percepção a partir dos números do setor e do ranking da ICCA”.

Um fator de sucesso para o ascensão do mercado de negócios e eventos no Brasil é a divulgação que a Embratur vem fazendo, desde 2003, do Brasil no exterior. Um exemplo foi o número de eventos da Associação de Congressos e Convenções (ICCA, pela sigla em inglês), que foi multiplicado por cinco nesses 10 anos de atuação do instituto de turismo.

Em seu último relatório, a ICCA divulgou que o Brasil, único país da América Latina entre os 10 primeiros colocados, subiu da 9ª para a 7ª posição.