Home » Curiosidades » Uma breve viagem musical pelo Brasil
Curiosidades

Uma breve viagem musical pelo Brasil

Ouvindo música
Se viajar é possível, viajar com trilha sonora é melhor ainda! A fim de revelar aos viajantes a incrível criatividade musical que une som e “pé na estrada”, embarcamos numa viagem musical que nos colocou frente a frente com uma gama de músicas que falam de cidades, lugares, ruas e conhecidas esquinas do Brasil.

Caetano Veloso nos revelou suas impressões ao chegar na cidade de São Paulo , na belíssima canção “Sampa”. A música nos faz sentir com o compositor suas mais íntimas impressões ao cruzar a “Ipiranga e a Avenida São João”, duas famosas avenidas da mega “Sampa”. Na São Paulo cantada por Caetano, o povo oprimido nas ruas e nas favelas, a poluição, a mistura de povos de todo Brasil e o clima frio são protagonistas dos versos cantados em coro por todos nós e realmente “Alguma coisa acontece em nossos corações” ao ouvi-la. Rita Lee registrou a Avenida Paulista, na canção de sua autoria e de mesmo nome, dizendo : “ não existe praia/ pra afogar minha sede/ eu encho a cara / eu picho a parede”.

Cidade de São Paulo
“Sampa”

Verdadeira inspiração para os compositores brasileiros, o Rio de Janeiro é uma das cidades mais cantadas, e na música “Aquele Abraço” Gilberto Gil nos evidencia seu amor pela alma e pelo clima do carioca, convidando cada ouvinte a “abraçar” o jeito carioca de ser. No verso “ O Rio de Janeiro continua lindo”, fica clara a paixão pela cidade. O carnaval, bairros como Realengo e o time do Flamengo são cantados numa das estrofes mais conhecidas da música brasileira. Não podemos falar do Rio e não falar da clássica “Garota de Ipanema” dos mais que especiais Vinícius de Moraes e Tom Jobim. A música é uma verdadeira viagem pelo bairro de Ipanema, onde a praia, o mar e o charme da mulher carioca ficam evidentes.

Veja também:  10 Resorts Brasileiros Ideais para as Férias de Verão
Praia de Ipanema
Praia de Ipanema – Cenário inspirador

Alceu Valença na música “La belle du Jour”, nos fala da moça bonita da Praia de Boa Viagem, no Recife, uma das Praias mais conhecidas do Brasil, que é ponto de encontro de várias tribos e com suas águas verdes e calmas conquistam qualquer coração, sendo o cenário ideal para um belo romance no Nordeste Brasileiro.

Praia da Boa Viagem Piscina Natural
Mais uma tarde azul na Praia da Boa Viagem
Marajó
A bela Ilha de Marajó

E a Bahia? Ah! Bahia que não sai de nossos pensamentos, como diz Ary Barroso na música “Na Baixa do Sapateiro”, onde o Senhor do Bonfim é evocado para arranjar um novo amor para o autor, transmitindo toda a mística baianidade, com os mitos e ritos particulares da região.

Em “Aquarela Brasileira”, um digníssimo samba enredo composto por Silas de Oliveira, os seringais do Amazonas , a Ilha de Marajó (Pará), o Ceará , a Bahia e sua cultura pulsante, o frevo de Pernambuco, a arquitetura e o charme de Brasília, são cantados em verso e prosa, enchendo nossos corações de brasilidade, música e, por que não, viagens?

“Deu pra ti, baixo astral, vou pra Porto Alegre, Tchau!”. Chegamos ao sul do Brasil, Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, cantada na canção de Kleiton e Kledir, que viajam nas cifras e nos apresentam um pouco da metrópole eleita várias vezes a melhor em qualidade de vida no Brasil! Os compositores ainda citam Garopaba, localizada no litoral sul de Santa Catarina, cheia de praias e lagoas, um verdadeiro paraíso destino certo dos turistas mais variados.

Porto Alegre
“Quando eu ando assim meio down / Vou pra Porto e Bah! Tri legal

E que cada canto desse nosso Brasil continue servindo de inspiração para que os mais variados músicos continuem nos presenteando com seus versos e arranjos que, muitas vezes, têm o poder de nos transportar para o lugar que está sendo cantado. Inspire-se, aumente o som e embarque na canção.