Home » Dicas de Viagem » Ushuaia: turismo no "Fim do Mundo"
Dicas de Viagem Internacionais

Ushuaia: turismo no "Fim do Mundo"

Localizada na Província da Terra do Fogo, ao extremo sul do planeta, a cidade argentina de Ushuaia, também conhecida como “Fim do Mundo”, nos chama atenção pelo nome, pelas paradisíacas paisagens e pela surpreendente gama de hotéis, inimaginável num ambiente tão inóspito como esse.

Ushuaia
Tá pensando em desbravar Ushuaia? A gente te guia!

E é justamente sobre esse ambiente inóspito que o nosso post irá se desdobrar, indicando a melhor época, os melhores lugares, hotéis e restaurantes para sua viagem. Vem com a gente!

Alta e baixa temporada

Ushuaia
O primeiro passo é escolher a data da viagem. Você encara o inverno rigoroso do lugar pelos preços da baixa temporada?

Badaladíssima durante o verão – entre dezembro e março – Ushuaia esbanja passeios, temperatura relativamente agradável (10°c) e bastante movimento. Já durante o inverno, período considerado como baixa temporada, os preços dos hotéis caem junto à temperatura, e curtir uma noite na cidade se torna tarefa pros mais fortes. Cabe a você identificar o que procura!

 

Roteiros

Cerro Castor
Entre as atrações do destino, a estação de esqui Cerro Castor se destaca!

São diversas opções que contemplam a cultura local, algumas curiosidades, o ecoturismo e a prática de esportes radicais.
A mais procurada das atrações é o Cerro Castor, uma estação de esqui localizada a 30 minutinhos de carro do centro,  com 28 pistas para todos os níveis de dificuldade e 800 metros de desnível esquiável. A estação está aberta diariamente de junho a outubro, das 10h às 17h.

Ushuaia
Um passeio de barco pelo Canal Beagle promete ser um dos pontos altos da viagem. Se apaixone pelas focas, leões marinhos, lobos-marinhos…

Outra atividade bastante procurada é o tour de barco pelo Canal de Beagle, realizado sobre as águas do arquipélago Bridges e que promete belíssimas fotos de recordação. Durante o percurso, que varia de 3 a 8 horas, passe pelas ilhas de los Pájaros e de los Lobos, pelo icônico  farol Les Eclaireurs e pela Baía de Ushuaia. O tour tem saídas diárias do píer turístico da cidade e está sujeito às situações climáticas.
Aconselhada aos mais aventureiros, a Geleira Martial impressiona! Considerada a principal fonte de água potável de Ushuaia, o lugar abriga trilhas com diversos níveis de dificuldade durante o verão, e no inverno, com o congelar das águas, se transforma numa estação de esqui, com teleférico e pistas de esqui.

Veja também:  O Outono Chegou! Melhores destinos para curtir o outono

Trem do Fim do Mundo
Ideal para quem viaja em família, o Parque Nacional Terra do Fogo permite ao visitante um incrível passeio no Trem do Fim do Mundo, réplica dos trens de presidiários que abasteciam com lenha o povoado local. O percurso se estende por 8 km, passando por bosques e pontes até chegar a um antigo assentamento indígena yámanas. Outras opções dispostas no parque são trilhas e mirantes.
Fechando com chave de ouro as opções turísticas em meio à natureza, o passeio pela Estancia Harverton e Pinguineira da Isla Martillo é a pedida perfeita.  Através dele é possível conhecer um pouco da história familiar local e os adoráveis pinguins da Ilhaha Martillo. A visita é realizada por catamarãs e guias locais.

Museu do Presídio
Faça uma pausa nos passeios por gelo e mar, para conhecer o temido presídio desativado de Ushuaia!

Aos que fazem questão de conhecer um pouco da cultura local, os museus do Presídio Marítimo e do Fim do Mundo são as principais opções.
O Museu do Presídio proporciona ao visitante uma inusitada experiência, a de estar numa cela e corredores do temido presídio de Ushuaia, desativado em 1947. Já o Museu Marítimo, localizado nas dependências do mesmo presídio, abriga uma coleção de objetos marítimos como cartas de navegação e maquetes navais. O edifício que ambos ocupam foi erguido com mão de obra carcerária, em 1997.

No Museu do Fim do Mundo a história de Ushuaia e de seus habitantes é contada através de um acervo com objetos de uso dos yamanas, povo indígena que residiu na ilha por centenas de anos. Outros destaques são o navio utilizado por Darwin em sua viagem à América do Sul e a sala reservada ao antigo banco, onde agora encontra-se o museu. A visita dura aproximadamente 45 minutos e pode ser realizada de segunda a sábado.

Veja também:  30 dias de viagem. 30 dias histórias! Buenos Aires e Ushuaia por Travel and Share.

 

Gastronomia

A gastronomia da Terra do Fogo baila entre opções de frutos do mar, cordeiros e massas que podem ser degustadas em sofisticados restaurantes, que também oferecem pratos internacionais. Pensando em facilitar sua viagem, indicamos 3.
O Chez Manu é bastante famoso na região, oferecendo pratos como o medalhão com molhos de cogumelos e o coelho com sálvia e mostarda. Ele está localizado na Avenida  Luis Fernando Martial, número 2135.
O Bodegón Fueguino é o lugar ideal para provar o tradicional cordeiro, preparado ás vezes com um delicioso vinho tinto. Ele fica na Avenida San Martín, número 859.
Num ambiente tão frio quanto a Terra do Fogo, é imprescindível aquele chocolate quentinho. Quando o desejo aparecer, recaia sob a Chocolatería Ushuaia que serve a bebida confeccionada com barras de chocolate derretidas e leite fresco. A Chocolatería está na Avenida San Martín, número 783.

Onde ficar

Aconselhamos ao viajante que se instale pelo centro de Ushuaia, a cerca de 15 minutos de táxi do aeroporto e local onde estão os principais restaurantes, bares e hotéis com preços mais acessíveis.
Para quem desacredita do potencial hoteleiro da cidade, os hotéis Los Cauquenes e Albatros mostram o contrário. Equipados com atrativos de luxo e instalações 4 e 5 estrelas, ambos tornam sua experiência turística inesquecível e com fácil acesso aos principais pontos turísticos de Ushuaia.
Antes de viajar, pesquise um pouco mais sobre o seu destino e evite imprevistos.  Na hora de pesquisar preços, consulte o Hotel Urbano e veja que os melhores preços estão aqui!