Home » Internacionais » Viena espera por você
Internacionais

Viena espera por você

Hallo!

Viena
Próxima parada: Viena! Desembarque e se apaixone.

 

Viena é uma cidade maravilhosa! Sei que essa frase é clichê, mas é impossível começar um texto sem tecer elogios à capital da Áustria. Ao contrário do que muitos pensam, o povo daqui é acolhedor e prestativo, mesmo quando a temperatura bate a casa dos 2 graus – isso porque ainda estamos no início do Outono.

A língua oficial do país é o alemão, mas boa parte da população fala inglês, inclusive professores de escolas e universidades. E confesso que esse detalhe está me ajudando muito.

Nas próximas semanas reportarei um pouco mais sobre alguns países do leste, oeste e região central da Europa, dividindo com vocês minhas experiências e descobertas por aqui.

 

O início

 

Würstelstand
As lanchonetes de rua lá em Viena são chamadas de Würstelstand.

 

No primeiro dia de “turista” fui dar uma voltinha básica de reconhecimento territorial. Porém, no meio do caminho, o estômago deu uma choradinha e eu tive que procurar algo rápido para comer.

Sabe aquelas lanchonetes de rua ou “pitdogs”, como são conhecidos em alguns lugares do Brasil? Então, aqui também existe essa opção de fast food, e eles chamam as lanchonetes de Würstelstand.

 

 

Käsekrainer
Um clássico de Viena!

 

Achei uma Würstelstand bem simpática na Rua Hoher Markt, próximo ao centro. Resolvi pedir o famoso Käsekrainer, uma salsicha defumada, típica da culinária austríaca, onde o principal diferencial é o recheio com queijo suíço (Emmentaler).

O valor do prato é bem popular por aqui: 3,40 euros. Achei a Coca-Cola de 600 ml por um preço justo também: 1,40 euros. O Käsekrainer vem bem servido e resolveu o probleminha da fome.

 

 

Catedral de São Estevão

Catedral de São Estevão
Além de mundialmente conhecida, a Catedral é um exemplo de arquitetura do século XII.

 

Satisfeita com meu lanche, fui dar uma voltinha pelo centro de Viena. As ruas são belas, com construções antigas e alguns prédios que parecem castelos. E essa estrutura de filme medieval está em tudo: lojas, bancos, comércios, escolas, etc.

Veja também:  Top 10 teleféricos ao redor do mundo

Porém, preciso falar sobre o destaque do dia: a magnífica Catedral de São Estevão. Erguida no século 14, essa é uma das obras góticas europeias mais antigas do mundo, e sua torre, com 137 metros de altura, é o ponto mais alto de Viena.

 

 

Catedral de São Estevão
Incrível por fora e por dentro!

O telhado é revestido por 250 mil azulejos vitrificados, além das centenas de esculturas artísticas que possuem um valor inimaginável. Sempre lotada de turistas, a Catedral possui detalhes majestosos que me deixaram boquiaberta, digna de uma grande obra barroca!

Ao redor da Catedral é possível encontrar vários cafés, restaurantes e um estacionamento de charretes. Sim! Aqui em Viena você pode passear “a cavalo” pelas ruas, como se estivesse na idade média. O valor, por 40 minutos de passeio, sai por volta dos 60 euros.

A visitação na Catedral de São Estevão é gratuita, mas durante as missas o acesso de turistas é barrado. Não é permitida a entrada usando gorro ou boné, em sinal de respeito.

Ah! Deixo também uma música linda que me inspirou e aumentou a vontade de cruzar o Oceano! A dica da canção foi da minha amiga brasileira, Daisy Schio:

(Vienna – Billy Joel). Vídeo do Youtube:  https://www.youtube.com/watch?v=wccRif2DaGs

 

 

Bis später!

(Até logo, em alemão)

 

Texto enviado pela viajante HU Stefani Costa.